To purchase you need to be authorized to one of the following groups:
  • Para adquirir este produto será necessário fazer prova das suas qualificações, assinar um termo de responsabilidade e preencher um Formulário de Registo. Deverá fazer-nos chegar uma cópia do seu Certificado de Habilitações ou da sua Cédula Profissional e o Formulário de Registo devidamente preenchido e assinado. Poderá fazer o upload desta documentação quando realizar o checkout ou enviá-la por email para testes@hogrefe.pt. A Editora Hogrefe reserva-se o direito de requerer informações adicionais relativamente às qualificações dos profissionais que pretendam adquirir instrumentos de intervenção e de avaliação determinando, desta forma, se estão ou não qualificados para os utilizar. Reserva-se ainda o direito de suspender a venda de material, sempre que existam claras evidências de violação das regras básicas de utilização dos instrumentos por nós comercializados, por parte desses utilizadores.

WMS-III

Escala de Memória de Wechsler - 3ª Edição

por David Wechsler

Papel & Lápis

Disponível

79,67 €

Disponível

37,40 €

Disponível

48,78 €

Disponível

22,76 €

Disponível

84,55 €

Disponível

151,22 €

Disponível

256,91 €

Disponível

151,22 €

Disponível

151,22 €

Área

População: Adolescentes e adultos.

Idades: A partir dos 16 anos.

Administração: Individual.

Esta escala poderá ser utilizada em diversos contextos como, por exemplo, clínica, educacional, neuropsicologia, forense.

Nível de Qualificação: C

Versões

A WMS-III também está disponível em Inglês.

Descrição

A terceira edição da Escala de Memória de Wechsler (WMS-III) permite fazer uma avaliação detalhada de aspetos relevantes relacionados com o funcionamento da memória, tendo sido concebida para proporcionar informação relevante nas avaliações clínicas gerais e nas avaliações neuropsicológicas, bem como no âmbito da reabilitação.

Principais aplicações da WMS-III no âmbito da avaliação clínica:

  • Diagnóstico e identificação de disfunções da memória;
  • Identificação precoce de demências e condições degenerativas;
  • Quantificação das disfunções da memória;
  • Identificação dos aspetos da memória que estão deteriorados ou preservados;
  • Avaliação dos défices de codificação vs. recuperação;
  • Avaliação de modalidades específicas da memória (p.e., auditiva ou visual);
  • Medida da eficácia das intervenções (p.e., tratamentos farmacológicos, cirurgia, reabilitação cognitiva);
  • Descrição dos aspetos qualitativos do funcionamento da memória;
  • Monitorização objetiva do desenvolvimento da doença (p.e., deterioração, recuperação);
  • Identificação das forças e fraquezas relativas para a planificação do tratamento.

Principais aplicações da WMS-III no âmbito da investigação:

  • Efeitos das alterações relacionadas com a idade nos processos específicos da memória;
  • Efeitos da medicação;
  • Efeitos das terapias somáticas;
  • Efeitos do stress, da fadiga ou da falta de sono;
  • Efeitos das alterações do meio ambiente;
  • Perfis de processos de memória específicos em diversos grupos clínicos.

Amostra da Aferição Portuguesa

A amostra de aferição da WMS-III foi feita com base numa amostra de 894 indivíduos com idades compreendidas entre os 16 e os 90 anos, representativa da população portuguesa em termos das principais variáveis sociodemográficas: idade, sexo, nível de ensino, região geográfica, proximidade do mar (i.e., litoral e interior) e tipo de área urbana.

Estudo com Grupos Clínicos

Na aferição da versão original da Escala foram feitos estudos de validade com vários grupos clínicos, incluindo adultos com diagnóstico clínico de perturbações do desenvolvimento e da aprendizagem, de hiperactividade com défice da atenção, perturbações neurológicas relacio-nadas com a demência (doença de Alzheimer, doença de Parkinson, Traumatismo Crânio-Encefálico, Esclerose Múltipla, epilepsia do lobo temporal), perturbações relacionadas com o consumo de álcool e neuropsiquiátricas.

São também apresentados dois estudos realizados em Portugal amostras de sujeitos com diagnóstico de esquizofrenia e de perturbações depressivas.

Configuração dos Índices Principais e dos Compósitos do Processo Auditivo

Na aferição da versão original da Escala foram feitos estudos de validade com vários grupos clínicos, incluindo adultos com diagnóstico clínico de perturbações do desenvolvimento e da aprendizagem, de hiperactividade com défice da atenção, perturbações neurológicas relacio-nadas com a demência (doença de Alzheimer, doença de Parkinson, Traumatismo Crânio-Encefálico, Esclerose Múltipla, epilepsia do lobo temporal), perturbações relacionadas com o consumo de álcool e neuropsiquiátricas.

São também apresentados dois estudos realizados em Portugal amostras de sujeitos com diagnóstico de esquizofrenia e de perturbações depressivas.

Adaptação, validação e estudo normativo para a população portuguesa realizados por Magda Machado, António Menezes Rocha, Henrique Barreto, Ana Moreira e São Luís Castro.

Fidelidade

A WMS-III apresenta uma consistência interna excelente. Os valores médios obtidos para os vários subtestes, escalas e índices variam entre .62 e .92.

Os resultados obtidos no estudo de estabilidade temporal (teste-reteste) variam entre .39 e .80 (n=94; intervalos entre 2 a 14 semanas).

A fidelidade interavaliadores foi, em média, superior a .90.

Validade

O manual técnico inclui vários estudos de validade (de constructo, convergente, divergente e relativa ao critério), como por exemplo:

  • intercorrelações entre as várias escalas do teste;
  • análise fatorial confirmatória;
  • correlações com outras medidas (p.e., WAIS-III, WMS-R, CMS, etc.);
  • análise dos resultados obtidos por grupos especiais (p.e.. Perturbação de hiperactividade com défice de atenção, Perturbação da aprendizagem, Doença de Alzheimer, Doença de Huntigton, Doença de Parkinson, Traumatismo crânio-encefálico, Esclerose múltipla, Epilepsia do lobo temporal, Perturbações relacionadas com o álcool, Perturbações Neuropsiquiátricas).

Tabelas de Normas

Amostra portuguesa: N (total)=894; adolescentes e adultos com idade a partir dos 16 anos.

A tipificação portuguesa permite obter a seguinte informação:

  • Subtestes e Compósitos do Processo Auditivo

Grupo etário: 16-19, 20-24, 25-34, 35-44, 45-54, 55-64, 65-69, 70-74, 75-79, 80+ anos Amostra Total (Compósitos do Processo Auditivo)

  • Índices Principais

Amostra Total

Tempo de Aplicação

Aproximadamente 90 minutos.

Ano do Copyright

2008

Ref-ID: 49315 / P-ID: 19199